“Tá aqui o meu cartão”

Bom dia, imbatíveis!

Quem não se lembra do histórico personagem do programa “A Praça é Nossa”, interpretado pelo humorista Zé Américo, e de seu eterno bordão “Tá aqui o meu cartão!”

Ele e outras milhões de pessoas utilizam o clássico cartão de visita, que é um dos impressos mais tradicionais do ramo gráfico.

Mas você sabe como surgiu o cartão visita?

Como tudo começou

Segundo estudos, o cartão de visita teve sua origem no jogo de cartas na Europa, em meados do século XVII. Acontece que os jogadores escreviam suas assinaturas, notas promissórias e outras mensagens nessas cartas. Essa era uma forma de garantir que eles pagariam suas dividas decorrentes ao jogo. Há quem diga que os primeiros cartões de visita surgiram na China durante o século XV. Polêmicas a parte, a moda pegou e com o passar do tempo esses cartões foram adaptados para saudações e outros fins.

Primeira evolução

Os primeiros cartões de visita com a função de apresentar uma pessoa, tiveram origem na França, no reinado de Louis XIV, e eram sinônimos do que chamamos hoje de “STATUS”.

Tradecards

Pouco tempo depois, surgiram na Inglaterra os “tradecards”, ou se preferir, cartões comerciais. Eles tiveram grande aceitação, principalmente na Grã-Bretanha.

Ainda segundo pesquisas, esses tradecards eram utilizados como peças de publicidade e mapas para facilitar a ida do consumidor até um estabelecimento comercial.

Já no final do século XIX, novamente os franceses inovaram e adotaram o cartão de visita como regra de etiqueta, ou seja, quem não aderisse ao pequeno pedaço de papel, estava fora dos padrões da corte. Essa postura foi difundida em toda a Europa e EUA, agora com uma regra básica: Além dos nomes, os cartões deveriam conter o brasão do estabelecimento!

A essa altura, os cartões se tornaram itens indispensáveis para os cavalheiros e damas da classe média.

A Americanização do cartão de visita

Os americanos viram a possibilidade de comercializar esses cartões afim de lucrarem com esse “novo mercado”. Foi ai que surgiu o cartão de visita para negócios!

Os “cartões de negócios” passaram a ter uso comum entre pessoas que possuíam negócio próprio ou empresa para promover. As pessoas que utilizavam os cartões apenas como contato social, passaram a ser consideradas “bregas”.

Curiosidade

Os primeiros cartões do século XVII eram impressos pelo método da Xilografia ou Letterpress (tinta sob um relevo pressionado contra o papel)

Antes do século XIX, cartões comerciais eram feitos em “Monotones” ou com tinta simples. Em meados de 1830, a Litografia, que utilizava várias cores acabou tornando-se um padrão de impressão na Europa.

Agora que você já sabe a história  do cartão de visita, que tal rodar o cartão da sua gráfica? Oferecemos preços especiais para material de apoio!

Confira essa e outras ofertas entrando no nosso site www.futuraim.com

Não esqueça de se inscrever no blog através da newsletter e fique por dentro de todas as novidades do mundo gráfico.

Até a próxima, amigos!

Equipe Futura Imbatível
www.futuraim.com

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *