Como negociar com o cliente

Bom dia, amigos. Já estamos na metade do ano, as contas não param de chegar, está duro para fazer uma venda e ainda é preciso lidar com aqueles clientes que sempre contestam o valor da sua venda. Fiquem tranqüilos, isso é mais comum do que vocês imaginam, historicamente, o brasileiro tem a cultura de “chorar” nas negociações, de sempre pedir descontos. Mas como o vendedor deve agir quando o cliente lhe dizer que o preço está caro?
Geralmente o revendedor fica sem saber o que fazer e acaba dizendo: “Olha, vou conversar lá na gráfica para ver se eles liberam um desconto, mas não é garantido” ou então acontece o pior, vendedor e cliente começam um debate, um dizendo que está caro e o outro dizendo que não está e no fim, a venda não acontece.
Essas duas situações devem ser evitadas, pois só desgastam sua imagem perante o cliente e no final, quem perde é você!

Separamos três dicas valiosas que pode podem ser utilizadas nesses casos. Veja abaixo:

Dica número 1:

Devolva a afirmação com uma pergunta. Sempre que o cliente disser que o preço está caro, responda: “Como assim caro?”
Respondendo isso, você obriga o cliente a pensar no que ele disse e como ele questionou o preço quase que automático, possivelmente ficará sem resposta. Alguns alegarão que outro revendedor tem o preço mais baixo, quase sempre é mentira. Caso ele apresente um flyer de outro representante com preços mais em conta que os seus, siga as próximas dicas.

Dica número 2:

Você pode utilizar outra pergunta, quando o cliente disser que o preço está caro. Pergunte a ele: “Com base no que você acredita que meu preço está caro?”
Essa pergunta fará com que ele pense mais ainda e possivelmente ele dirá: “Não é que está caro, é que…” Quando ele disser isso, você já descobriu que o problema não está no preço e que ele questionou o valor por força do hábito. Fica mais “fácil” de convencer o cliente!

Dica número 3:

Talvez esta seja a dica mais importante, pois você estará convencendo o cliente que seu produto é de qualidade e o preço que você cobra é justo. Diga para ele: “Não é caro, é exclusivo!”. Ele pode questionar o “exclusivo” e você explica detalhadamente que seu produto é de qualidade, que  o papel é o melhor do mercado, o prazo é excelente. Ofereça todo o suporte necessário, desde a arte bem feita, até o pós venda. Tire toda a preocupação que ele possa ter em relação ao material gráfico e deixe ele com tempo para vender mais no seu comércio.

A firmeza e segurança do vendedor, contam muito nessa hora e o cliente possivelmente fechará o pedido.

Se depois de tudo isso ele ainda continuar “choramingando” e brigando por valores, simplesmente abra mão deste cliente, pois ele só vai te dar prejuízo, te dar dor de cabeça e o pior… Vai tomar o seu precioso tempo!
Lembrando que você nunca deve perder a cabeça e se exaltar com o cliente, pois assim você perderá totalmente a razão.

Equipe Futura Imbatível
www.futuraim.com

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *