Tudo sobre as licenças de Creative Commons (CC)

Estamos vivendo a era da internet, e com ela convivemos com a dificuldade de controlar as formas em que informações são compartilhadas, levando a propagação de fake news e a cópia indevida de um conteúdo, ou seja, o plágio. Com isso, o trabalho de todos os produtores de conteúdo acaba sendo atingido, tendo os direitos dos autores desrespeitados.

Pensando nisso, a Creative Commons – entidade sem fins lucrativos – estruturou diferentes licenças que colaboram de forma simples, rápida e sem investimentos, com o trabalho dos criadores, oferecendo uma maneira de manter o uso (cópia, contribuição e adaptação) das obras dentro da lei.

Para que tenha o controle o mais personalizado possível sobre suas produções, a Creative Commons oferece 6 licenças, que apresentam flexibilidade na hora de sua decisão. Confira:

  • Atribuição CCBY: permite que a obra seja remixada e/ou adaptada por terceiros para fins comerciais, contanto que dediquem os créditos a obra original.

 

  • Atribuição – CompartilharIgual: Assim como a anterior, permite o uso para fins comerciais com dedicação de créditos, porém, exige também que o interessado na obra tenha uma licença para o produto secundário que surgir.

 

  • Atribuição – SemDerivações: Permite que o conteúdo seja redistribuído para uso comercial ou não comercial, desde que tenha os créditos.

 

  • Atribuição – NãoComercial: Possibilita que sejam feitas adaptações na obra original, porém, para uso não comercial e dedicando créditos ao autor.

 

  • Atribuição – NãoComercial – CompartilhaIgual: Assim como a anterior, permite adaptações, para uso não comercial e dedicatória de créditos, porém, o interessado deve ter a licença também.

 

  • Atribuição – SemDerivações – SemDerivados: É liberado apenas o download da obra e o compartilhamento com créditos ao autor, proibindo alterações e que seja usada para fins comerciais.

 

O uso desse serviço é gratuito e fácil de solicitar. Feito via internet, é preciso que acesse o site oficial da CC., e lá você responderá a um questionário que vai te direcionar para a escolha adequada. Logo em seguida, é possível visualizar dentro do site como implantar o código a sua obra e pronto!

Agora que entende um pouco mais sobre essa licença, é possível trabalhar com mais tranquilidade e usar das melhores alternativas para assegurar seu trabalho e mantê-lo dentro das leis.

Deixe sua opinião nos comentários e até a próxima!