Características dos sistemas de impressão

A qualidade de impressão de um material é o que vai determinar a eficacia na transmissão da mensagem e a valorização do seu layout.

Portanto, antes de iniciar o desenvolvimento de um projeto, é imprescindível definir o sistema de impressão mais adequado, levando em consideração o tipo de papel, cores e acabamentos utilizados.

Existem diversos sistemas, cada um adaptado a diferentes necessidades. Para te ajudar na escolha da melhor forma de impressão do seu material, confira os sistemas mais comuns no mercado gráfico:

 

Impressão Offset

Offset

O sistema de impressão offset é o mais utilizado no segmento gráfico, pois é favorável para a impressão de grandes quantidades.

Nesse processo, a imagem não é impressa diretamente no substrato (papel), sendo necessária a gravação de chapas metálicas foto-sensíveis.

Impressão Digital

digital

A impressão digital dispensa o uso de fotolitos e é feita em copiadoras coloridas (para pequenas tiragens até 200 cópias), plotters (para impressão de grandes formatos), impressoras de provas digitais e também as chamadas de impressoras digitais que imprimem grandes tiragens sem fotolitos.

Este sistema possui a mesma qualidade e durabilidade das impressos offset e permite praticamente todos os tipos de acabamentos.

O que ainda dificulta a utilização deste processo é o custo para grandes tiragens, ainda muito superior a impressão offset.

Rotogravura

Este sistema de impressão também é conhecido como ‘processo de baixo relevo’, devido a posição da imagem na matriz de impressão.

A rotogravura é indicada para a impressão de altas tiragens suportes de baixa gramatura.

Serigrafia

Serigrafia ou silk-screen, esse sistema de impressão utiliza-se de uma tela preparada, normalmente em nylon, que é posto sobre uma moldura de madeira, alumínio ou aço, onde se vaza a tinta através de um rodo ou puxador.

Materiais como adesivos, chaveiros, tecidos, canetas, PVC, vidro, madeira, entre outros, com variadas espessuras e tamanhos e diversas cores, recebem impressão através da serigrafia.

Tipografia

Tipografia é a impressão de tipos, ou seja, de letras em variados formatos. A cada nova configuração de um conjunto de letras, forma-se um novo conjunto tipográfico.

Cada tipo de letra é utilizado de acordo com o assunto e o objetivo do texto. Em livros, por exemplo, o mais adequado é o serifado. Para designers, conhecer essa forma de impressão é essencial, principalmente para os que trabalham na área de diagramação.

Hot-Stamp (estampa quente)

Hot-Stamping

É um sistema semelhante à tipografia, porém o clichê não recebe tinta, sendo apenas aquecido e pressionado sobre uma tira de material sintético revestida de uma finíssima camada metálica.

Quando a camada metálica é pressionada pelo clichê quente, desprende-se da fita e adere à superfície do material a ser impresso.

Qual o método de impressão você mais usa para os seus projetos? Além dos listados no post, quais outros você conhece? Compartilhe conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *